Como ambientar sua loja de móveis para vender mais e melhor!

Uma pergunta: a loja em que você trabalha chamaria a sua atenção como cliente? Sabemos que é difícil, mas faça um exercício de “distanciamento” e responda a esta pergunta com sinceridade para você mesmo.

Exercitar esse olhar crítico para loja  faz com que você e toda a equipe tenham ideias preciosas para encantar quem entra nela.

VEJA TAMBÉM: COMO TRAZER MAIS CLIENTES PARA SUA LOJA

Mas porquê estamos fazendo esta pergunta? Porque a fachada da loja faz toda a diferença entre o cliente querer entrar ou não nela. E não é só isso, não basta que o cliente entre, ele tem que se sentir bem lá dentro.

Por isso preparamos algumas dicas de ambientação para sua loja: veja o que fazer para o cliente entrar, se sentir bem e ficar para comprar!

 

1 – A fachada

É o item mais importante na hora de chamar a atenção do cliente.  A primeira providência é checar o estado de conservação do prédio: pintura, letreiros, placas e calçadas devem estar em ótimo estado. Isso vai refletir na imagem que seu cliente terá dos seus produtos!

Em seguida verifique como está a vitrine. Certifique-se de que ela é atrativa para seu público alvo e tome cuidado para não “entulhar” este espaço com muitos móveis. Isso confunde o cliente!

 

2 – A entrada

Depois que você conseguiu chamar a atenção do cliente, ele se sentirá tentado a entrar na sua loja. Então lembre-se de deixar um espaço entre os móveis para que ele entre! Parece óbvio, mas o cliente não deve ter dificuldade para acessar o interior da loja. Resista à tentação de usar este espaço como vitrine, colocando peças demais neste local.

 

VEJA TAMBÉM: USE O MARKETING SENSORIAL PARA AUMENTAR SUAS VENDAS!

 

3 – Iluminação

É um item muitas vezes menosprezado pelos lojistas, mas que faz toda a diferença no ambiente. Uma boa iluminação pode valorizar suas peças e ajudar a criar ambientes. No home theater, por exemplo, você pode dar destaque para as luzes de LED atrás do painel da TV. Deixe-as acesas para que o cliente sinta a beleza e o conforto que elas proporcionam. Em locais que precisam de mais luz, invista em luminárias com design diferenciado que cumprem a função de iluminar e decorar.

 

4 – Produtos

Já falamos aqui no blog sobre as várias formas de layout que uma loja de móveis pode ter. Cada um deles tem suas vantagens. Verifique qual o melhor modelo de ponto de venda para apresentar seus móveis levando em conta seu público alvo e seus produtos. Entre os mais utilizados estão:

– Grade: direciona o fluxo em um corredor principal e expõe os produtos de forma retangular, formando um ângulo reto com a entrada e o fundo da loja;

– Fluxo livre: não direciona o fluxo de clientes e agrupa os produtos mais livremente, encorajando compras impulsivas;

– Boutique: cria ambientes independentes do restante da loja, cada um com sua decoração e seu estilo;

– Pista: expõe os produtos ao longo de corredores que guiam o cliente pela loja.

 

5 – Crie ambientes

Esta é uma ótima dica que, além de fazer seu cliente se sentir bem, também ajuda a alavancar vendas. Por exemplo: monte um ambiente “quarto” com as peças que você tem para este ambiente, mas de forma harmônica e com a iluminação adequada. A ideia é criar o desejo de compra no cliente, fazer com que ele deseje ter todos aqueles móveis em casa. Para isso você pode e deve contar com ajuda profissional, seja um arquiteto ou decorador.

 

Por mais que tudo esteja funcionando bem, é sempre bom lembrar que às vezes pequenas melhorias podem trazer ainda mais clientes para sua loja. Então que tal verificar os itens acima? O que você acha de fazer algumas mudanças?

 

 

 

 

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0

Newsletter

Informe seu e-mail e receba nossos informatívos.

Obrigado por assinar nossa Newsletter!