Fintechs: Saiba como essas empresas impactam seu negócio.

“Qual a forma de pagamento”? Devolvemos a você, lojista, uma das principais perguntas do cliente.  Se você só aceita aquelas em que o cliente precisa ter conta em banco, é melhor repensar suas formas de cobrança.

Um estudo recente, divulgado pelo IGBE, mostrou que existem mais de 60 milhões de brasileiros, maiores de 18 anos, “desbancarizados”, ou seja, que não têm conta corrente nem são vinculados a nenhum banco. Esse número representa quase metade da população economicamente ativa, estimada em 110 milhões de pessoas.

Segundo dados do Data Popular, a população de desbancarizados está presente em todas as camadas econômicas: 48% são da classe média, 11% da classe alta e 37% da classe baixa.

Já pensou em perder vendas para essa fatia de mercado apenas por não aceitar os desbancarizados? Não dá né?

Mas se para você, ter um cartão próprio da loja não é viável, não se preocupe, nem tudo está perdido!

A boa notícia é que clientes “desbancarizados” têm, à sua disposição, alternativas de crédito como as “Fintechs”. Com este modelo financeiro, o cliente não precisa de qualquer interação física com as instituições bancárias, pois elas oferecem serviços e atendimento através do mundo digital, sem precisar de agências.

O termo Fintech é resultado da junção das palavras ‘financial’ (financeiro) e ‘technology’ (tecnologia). Essas startups têm feito muito sucesso junto aos consumidores. Uma delas, a Acesso, cresceu mais de 500% em apenas dois anos, atingindo mais de 510 mil cartões emitidos. Ela oferece um cartão de crédito livre das taxas e do contrato de um banco. Seu foco é na personalização para o cliente e em parcerias com o varejo, de modo que os dois lados tenham vantagens.

A “Nubank”, outra startup, vem conquistando os desbancarizados por oferecer soluções simples, como permitir que o usuário pague antecipadamente um boleto para liberar mais crédito no cartão. Ela também não cobra anuidade e o cartão pode ser totalmente controlado pelo aplicativo do celular.

Outro serviço oferecido por estas startups que está fazendo muito sucesso, é a modalidade de cartão pré-pago. Com ele, o consumidor pode fazer uma recarga no valor que quiser e pode comprar online, mesmo sem o cartão de crédito. O bom é que, por ser pré-pago, as pessoas não levam um susto com a fatura no fim do mês e ainda têm a segurança de não precisar andar com dinheiro no bolso.

Então, se você não puder ter um cartão próprio da loja, conheça um pouco mais sobre a forma de pagamento destas startups e traga os desbancarizados para sua loja. O importante é conhecer as mudanças do mercado e se adaptar a elas para não perder vendas, certo?

Foto: FreePik

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0

Newsletter

Informe seu e-mail e receba nossos informatívos.

Obrigado por assinar nossa Newsletter!