Como sua loja está aparecendo para o cliente na internet?

Você investe um bom dinheiro para deixar sua loja linda e funcional: vitrine, iluminação, móveis, fachada, uniforme, vendedores treinados, uma beleza!
Mas será que a sua apresentação no mundo digital está seguindo o mesmo padrão?

Nada pior para um cliente do que:

  1. Tentar encontrar sua loja na internet e não achar;
  2. Encontrar o site da loja, mas com informações desatualizadas ou sem o telefone, por exemplo;
  3. Navegar em um site pouco funcional, no qual os produtos são difíceis de encontrar ou que demora muito para carregar;
  4. Acessar um site que não é responsivo, ou seja, que não se adapta aos diferentes formatos de telas: smartphones, tablets ou computadores.  

E qual o problema disso?

Só para se ter uma ideia, se a sua página demorar mais de três segundos para carregar, 40% dos usuários desistem do acesso.

Além disso, 41% dos internautas brasileiros já realizaram pelo menos uma operação de compra de mercadorias físicas usando o smartphone. Já pensou se o seu site não for responsivo?

E mais: um site com as características acima pode prejudicar muito a sua loja: as pessoas têm a tendência de julgar pela aparência: “Se o site é assim, imagina a loja”.

Então, o que fazer?

A primeira providência é acessar seu site e verificar se ele está atualizado, como está o layout e o tempo de resposta. E mais: verifique se os seus funcionários sabem o endereço do site e quantos deles acessam a página (você poderá ficar surpreso).

E agora?

Mesmo se estiver tudo “ok” com o site, considere contratar um profissional para analisar sua página: ele irá navegar por todo o site e apontar os erros e acertos, através de um relatório detalhado.

Em seguida, este mesmo profissional, (ou uma outra empresa que você escolher) poderá fazer as mudanças necessárias.

Vale a pena investir um pouco mais para deixar seu site “redondinho”.

Importante: lembre-se de que não adianta ter um site lindo e desatualizado. Ele deve ser alimentado o tempo todo com informações, novidades e promoções da sua loja.

Outro ponto importante: seu site deve estar “linkado” com as principais redes sociais como Instagram e Facebook. Cada um tem linguagem própria e deve ser usado com sabedoria.

Por exemplo: no Instagram a prioridade deve se a imagem, com uma mensagem bem curta. Já o Facebook pode conter um pouco mais de texto, com um link para seu site para quem quiser saber mais sobre o assunto.

No próximo blog post, vamos falar da importância da participação da sua loja nas redes sociais e do Inbound Marketing, que é o marketing de conteúdo.
Ações como estas podem aumentar suas vendas (e sua participação no mundo digital) e engajar seus consumidores.

É claro que estas informações servem para os lojistas que ainda estão dando os primeiros passos no mundo digital. Mas se você já tem um bom site e já está nas redes sociais, veja abaixo conteúdos que poderão aumentar ainda mais suas vendas.
Se você ainda não tem, conheça o potencial dessas ferramentas:

Como conquistar um comprador Omnichannel

– Saiba como o e-commerce pode alavancar suas vendas

Um abraço e ótimas vendas!

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0

Newsletter

Informe seu e-mail e receba nossos informatívos.

Obrigado por assinar nossa Newsletter!