Um vendedor chamado Showroom

No artigo “Utilize o layout da loja para vender mais”, você viu como os diversos tipos de loja influenciam nas vendas. Agora, vamos falar sobre como aproveitar a estrutura da sua loja física, espaço que gera muitos custos e que precisa trazer resultados efetivos. Conheça quatro pontos fundamentais para potencializar os resultados da sua loja e comece a ver o seu showroom como um dos principais ativos de vendas da sua empresa:

1- A entrada da loja

Também conhecida como área de transição, é onde o cliente recebe o primeiro impacto da sua empresa. Neste local, é preciso fazer com que a pessoa diminua o ritmo, assim ela vai conseguir aguçar a visão periférica e ter uma visão ampla da loja. Já na entrada, é recomendável expor os produtos que posicionem sua marca, assim o cliente terá uma visão clara do que vai encontrar no restante da loja evitando perda de tempo. E mais: invista na iluminação da loja, em especial na vitrine, pois uma iluminação bem planejada aumenta muito a percepção de valor dos produtos, além de tornar a loja muito mais convidativa.

2-  Campo de visualização

Também chamado de taxa de captura, refere-se ao quanto o consumidor visualiza do que é exposto. A regra é expor produtos em uma faixa imaginária que vai da linha dos joelhos até a altura dos olhos. Entender esse conceito é fundamental para montar uma composição que agrade o cliente e que traga resultados efetivos. No caso de móveis e decoração, é necessário criar ambientes bonitos e que transmitam personalidade, assim o cliente se sentirá inserido naquele espaço. Assim, não importa se uma peça é muito baixa ou muito alta, pois o cliente não verá o móvel ou a decoração, mas sim a composição de elementos que ele vai querer levar para casa.

3- Efeito bumerangue

Quando a loja tem um ponto pouco atrativo, os clientes (e até mesmo a equipe de vendas) voltam antes de visualizar todo o espaço. Isso é péssimo do ponto de vista de custo por metro quadrado de loja, pois, este local pouco atrativo, custa a mesma coisa que o espaço mais nobre do seu showroom. A ideia é eliminar esses pontos de sombra da sua loja. Faça isso trabalhando cada espaço com muito cuidado. Uma boa dica é ter top sellers espalhados por toda loja, assim você faz com que o cliente percorra todo o espaço e tenha a oportunidade de ver o máximo de produtos.

4- Visão ampla

Para que o cliente visualize os produtos em primeiro plano e também o restante da loja, use divisórias baixas. Dessa forma, você separa os ambientes sem fechar a visão total do espaço. Se você tem um mix de produtos que precisa de paredes altas, opte pelo layout estilo boutique, com corredores mais largos. Apesar de demandar mais espaço e reduzir o número de produtos expostos, este estilo apresenta uma performance de conversão muito mais alta. Além disso, você terá um ticket médio mais elevado por vender um ambiente e não simplesmente um produto aleatório.

E você, já tem um layout bem definido na sua loja?

Share on Facebook23Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn64
  • Anita Eneas Cazelgrandi

    Aprecio a forma como a empresa conduz seu negócio.Pela primeira vez vejo funcionar também o setor de Marketing da empresa, o que é positivo…gostaria que fizessem no site uma introdução co- locando todas as lojas que fornecem o produto de vocês, nos diferentes Estados…